Mulheres no agronegócio – Como a presença delas faz a diferença no ramo do agronegócio

Compartilhar:

A presença das mulheres no agronegócio vem crescendo a cada ano que passa, mostrando que o lugar das mulheres é em qualquer lugar.

As ocupações de pecuaristas, agricultoras e empreendedoras estão em alta entre as mulheres do agronegócio, por isso preparamos essa matéria para homenagear todas as guerreiras que dão seu suor e dedicação para que os produtos do campo cheguem até nós e também para não esquecermos que não devemos comemorar somente no dia 8 de março, mas sim todos os dias.

A presença das Mulheres no Agronegócio

Segundo a matéria produzida pelo Governo do Brasil, 19% dos estabelecimentos rurais em 2017 eram dirigidos por mulheres, totalizando quase 1 milhão de produtoras no Brasil. A maioria delas estão localizadas na Região Nordeste (57%), seguidas pelo Sudeste (14%), Norte (12%), Sul (11%) e Centro-Oeste (6%).

Devido ao COVID-19, o cooperativismo e parcerias vem crescendo entre os estabelecimentos do agronegócio e muitas mulheres estão por trás desses novos projetos que foram criados devido às dificuldades que surgiram durante o fechamento dos negócios.

Para termos noção de como as mulheres estão mais presentes no mercado do agronegócio, atualmente existem Congressos para Mulheres no Agronegócio, onde elas falam sobre o mercado sob a perspectiva feminina, inovações e quais são as novidades do ramo.

Infelizmente muitas mulheres passam por preconceitos diariamente por estarem dentro desse ramo, não recebem oportunidades para trabalhar e não possuem o reconhecimento que merecem. Por conta disso, anos atrás as taxas de profissionais mulheres eram baixas, mas com o tempo muitas começaram a motivar umas às outras e se ajudarem a conseguirem entrar no ramo no qual sempre sonharam, a trabalhar e se tornarem independentes financeiramente.

Em entrevista, a Aline Oliveira que é Supervisora de pessoas e atua no setor de Administração na Usina Cevasa disse que: “Eu me sinto muito orgulhosa de fazer parte dessa empresa, eu sinto que nós temos espaço e sinto que podemos sonhar em crescer por que vai aparecer oportunidade”. Como citamos, o mercado do agronegócio vem crescendo a cada ano que se passa e se tornando mais inclusivo. Uma opinião unânime entre as mulheres é não levar a sério falas desmotivadoras, pois atualmente não existem atividades que as mulheres não possam fazer por causa do seu gênero. Inclusive, nunca esqueça de confiar em você mesma!

 

A atuação das mulheres no agronegócio

No agronegócio existem diversas áreas, sejam elas dentro dos ramos de pesquisas, cultivação, negócios, entre outros. Por isso separamos algumas das áreas que estão em altas e que grande parte são mulheres que estão por trás!

– Pesquisadoras

Segundo o Estado de São Paulo, cerca de 50% dos cargos de pesquisadores científicos são ocupados por mulheres, também com cargos como biólogas, engenheiras agronômicas e economistas.

– Produtoras

Grande parte da atuação das mulheres no agronegócio são como produtoras, desde a plantação até a gestão. Muitas estão presentes como produtoras por virem de gerações de famílias que trabalham com isso, por isso são motivadas a darem continuidade no negócio da família. Mas isso não quer dizer que todas produtoras vieram de famílias do agronegócio, muitas sempre admiraram esse setor e decidiram estudar a agronomia para investirem em seus sonhos.

Essas duas atuações são as mais presentes, porém existem áreas como a economia, engenharia, empreendedorismo, comunicação e muito mais!

Entrega do Trator T230 CVT

No dia 18 de fevereiro de 2021 a Vamos Agro entregou o Trator modelo T230 CVT para a Usina Cevasa. A engenharia e a tecnologia do Trator T230 estão empregadas, fazendo dele a opção ideal para quem precisa de exatidão e robustez para cobrir grandes áreas e seu motor eletrônico com o sistema AGCO Power traz o melhor controle da potência e velocidade para garantir 25% menos consumo de combustível. O Diretor da Vamos Agro, Alexandre Maggioni disse em entrevista: “A gente sabe que o desempenho da máquina que já é bom, nas mãos delas a gente sabe que o grau de eficiência é maior ainda”.

A cor dele foi escolhida com o intuído de representar o Combate ao Câncer de Mama, mas após a produção desse modelo, ele recebeu representatividade em relação a resistência das mulheres do agronegócio.

Em entrevista, a Sheila Fonseca, Vice-presidente do RH AGCO na América do Sul diz, “Entendemos que além de soluções sustentáveis de alta tecnologia para o produtor rural que alimenta o mundo, a nossa missão também é contribuir com a diversidade e inclusão”. Essa foi uma das homenagens da Vamos Agro para todas as mulheres, em especial nossas colaboradoras e parceiras. A Vamos Agro parabeniza todas as profissionais pela a luta diária, por terem força de vontade, perseverança e muita criatividade!

A Vamos Agro é uma rede de concessionárias Valtra, com 15 lojas presentes em 4 estados sendo eles SP, MG, MT e GO. Clique aqui e saiba mais!

 

Compartilhar: