Laço Amarelo – Pratique segurança no trânsito

Compartilhar:

A segurança no trânsito é importante tanto para o condutor quanto para o pedestre, uma vez que com prevenção e cuidado nas ruas, diversos acidentes que podem causar a morte acabam sendo evitados. Por isso, foi criada a campanha do Laço Amarelo, que atua conscientizando a população sobre os perigos de acidentes de trânsito.

Campanha Laço Amarelo

O Brasil vem registrando a queda de mortes no trânsito e, segundo o Governo Federal, entre 2015 e 2019 o país teve redução de cerca de 7% de óbitos por acidentes de trânsito. Podemos considerar que projetos sociais vêm aumentando a conscientização da população sobre segurança no dia a dia.

O movimento Maio Amarelo dura o ano todo!

Muitas pessoas pensam que a campanha Laço Amarelo é realizada somente no mês de maio, mas a verdade é que a campanha é realizada no Brasil durante o ano todo para conscientizar a população sobre o assunto.

O Programa Laço Amarelo foi criado a partir do Movimento Maio Amarelo de 2017, com o objetivo de disponibilizar conteúdos sobre a segurança no trânsito para todos os meses do ano.

Em maio, tema tratado foi a importância de praticar respeito no trânsito. Já no mês de junho, o assunto que está sendo abordado é a importância da utilização do cinto de segurança e cadeirinhas para crianças (vamos falar mais sobre no próximo tópico).

Acessando o site do Programa Laço Amarelo é possível encontrar a história do projeto. José Aurelio Ramalho, Diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, disse que “Como o mês de maio tem só 31 dias, o OBSERVATÓRIO recebeu centenas de pedidos de ajuda para continuar a falar de segurança viária e, por isso, criou o Programa Laço Amarelo, uma continuação do nosso extraordinário mês de maio, há seis anos”.

Uma prática que salva vidas

Neste mês (06/2021) a campanha fala sobre a importância da utilização de cinto de segurança e cadeirinhas para crianças, que está previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

É importante seguir essa prática para evitar acidentes e, por conta disso, nós separamos o que é citado no CTB para você saber mais sobre o assunto!

  • Bebê conforto: devem ser transportados no bebê conforto, recém-nascidos a bebês com até 1 ano de idade e que pesam até 13 kg;
  • Cadeirinha: obrigatória para crianças de 1 a 4 anos, que tenham entre 9 e 18 kg;
  • Assento de elevação: crianças de 4 até 7 anos e meio ou com até 1,45 m de altura e peso entre 15 kg e 36 kg devem ser transportadas no assento de elevação com cinto de segurança;
  • Banco traseiro: crianças com mais de 7 anos e meio e menos de 10 anos ou com altura superior a1,45 mm devem ser transportadas no banco traseiro com cinto.
  • Banco dianteiro: crianças com mais de 10 anos podem ser transportadas no banco dianteiro com cinto de segurança;
  • Motocicletas: em caso de motos, somente crianças acima de 10 anos podem ser transportadas.

Lembrando que, em caso de não cumprimento dessas práticas, o condutor poderá sofrer penalidades, como multas e até mesmo cassação da CNH, além de aumentar a chance de ocorrer um acidente de trânsito.

Ademais dessa prática, é importante ter sempre respeito e responsabilidade no trânsito. O Programa Laço Amarelo traz conteúdos e campanhas sobre o assunto, porém é necessário colocar em prática e repassar o mesmo para toda população.

O Grupo Vamos faz parte das empresas apoiadoras do Laço Amarelo, participe você também do programa e ajude a disseminar a conscientização da importância da segurança no trânsito.

Acesse: www.lacoamarelo.org.br/

 

Compartilhar: