Vai pegar a estrada? Veja como fazer uma viagem tranquila e segura

Compartilhar:

 

Fazer uma viagem segura exige que o veículo esteja com a manutenção em dia. O motorista precisa estar descansado, bem disposto e respeitar as leis de trânsito, pois essas atitudes ajudam a evitar graves acidentes.

Basta uma folga ou um feriado para procurar uma distração como um passeio para sair da rotina. Só que, para fazer uma viagem com segurança, seja a lazer ou a trabalho, requer atenção para dirigir e também na movimentação de outros motoristas na estrada. Afinal, apenas em 2019, 37% dos acidentes foram causados por falta de atenção, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal.

Então, como a estrada é coletiva, separamos algumas dicas de ouro para você fazer uma viagem tranquila, chegando ao destino e voltando para casa em segurança.

 

Manutenção do veículo em dia

Na hora de planejar uma viagem, principalmente aquelas de longo trajeto, o primeiro item que não deve faltar na lista dos afazeres é deixar a manutenção do veículo em dia, o que inclui:

Calibrar os pneus, deixar faróis, luzes e lanternas funcionando corretamente, checar os equipamentos de sinalização e freio, e, claro, conferir o nível de óleo do motor.

Além de revisar a condição do veículo, é extremamente importante verificar se o pneu, estepe, macaco, triângulo e chave de roda estão no carro, pois, eles devem acompanhar a viagem.

É bom prestar atenção se no painel há alguma alerta, indica que algo não está certo. Mas mesmo que não tenha algum sinal visível, o ideal é checar com antecedência se tudo está em bom funcionamento, e de preferência, alguns dias antes de sair para a estrada.

 

Descansar no dia anterior

Como dirigir requer do condutor concentração, é bom que a condição física e mental do motorista esteja ótima! Por isso, é importante descansar bem no dia que antecede a viagem, investindo num período de sono tranquilo para deixar o corpo disposto a ficar algumas horas na mesma posição.

Algumas pessoas preferem dirigir à noite, por ter menos movimento nas rodovias, mas, apesar dessa vantagem, o período noturno reduz o alcance da visão a longa distância e pode causar sonolência em quem não está habituado. Por isso, o melhor a se fazer é sair no horário que o motorista terá condições de fazer o deslocamento e lidar com eventuais imprevistos.

 

Cansou? Hora de fazer pausas

Já ouviu por aí que a pressa é inimiga da perfeição? Pois em uma viagem é a mesma coisa! É comum ficar ansioso para chegar logo ao destino, mas não adianta ter pressa. O período de deslocamento precisa ser encarado como parte da viagem, o que inclui um trajeto sem correria e dentro do limite de velocidade.

Se o percurso for longo, nem precisa esperar o cansaço se manifestar. Faça  pausas a cada duas horas, afinal, por permanecer muito tempo na mesma posição, é indicado pausar para alongar as pernas e braços.

Se o cansaço for mais intenso, é bom lavar o rosto, tomar um café, ou até mesmo parar na hora do almoço ou jantar para se alimentar direito e evitar a fadiga.

Recuperou o cansaço? Pode seguir viagem, mas, se a pausa não for suficiente, é melhor passar o volante a outro motorista mais disposto.

 

Respeite todas a leis de trânsito!

O condutor que é responsável pela viagem precisa conhecer os perigos da estrada e pensar bem antes de tomar alguma decisão como ultrapassagem, que só deve ser feita se for permitida e se houver visão ampla à frente.

O cinto de segurança ou sistemas de retenção como assentos e cadeirinhas infantis são indispensáveis independente da distância do trajeto.  Usar o cinto de segurança evita que, em caso de frenagem brusca ou acidente, as pessoas se choquem e sejam lançadas para fora do veículo.

Manter uma distância segura dos veículos à frente também é necessário para evitar frenagens repentinas de outros motoristas, o que, em casos mais sérios, além de colidir, pode até causar engavetamento.

Não pode se esquecer de sinalizar sempre as trocas de faixa e conversões, assim como é necessário prestar atenção em outros veículos como motos, bicicletas e também em pedestres que circulam pelo caminho.

 

Por fim, deixe o celular de lado e busque ficar atento apenas à estrada. Dirigir pelo acostamento e misturar álcool com volante então, nem pensar!

Já falamos aqui que não adianta se apressar e desrespeitar as leis de trânsito, elas servem para nossa segurança, pois, além de multa, pode causar sérios danos às outras pessoas.

 

Seguindo essas dicas teremos uma viagem mais tranquila. Afinal, ser cuidadoso no trânsito é demonstrar respeito pela vida, o que é responsabilidade de todos nós.

 

E aí, curtiu nossas dicas?  Para saber mais sobre as movimentações na estrada como universo de caminhões, máquinas e equipamentos, curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram.  Estamos no LinkedIn, siga nossa página e nos acompanhe por lá também!

 

Compartilhar: