Investimento em frota acelera e-commerce e facilita logística

Compartilhar:

Os hábitos de consumo mudaram rapidamente com a pandemia de Covid-19, cenário que acelerou a digitalização oferecendo ao consumidor novas experiências com o universo on-line. Tanto é que só em 2020, 13 milhões de brasileiros fizeram compras na internet pela primeira vez, segundo dados da Ebit/Nielsen.

 

Só de imaginar a população toda de São Paulo fazendo compras de uma vez, dá para visualizar o tamanho da mudança. Mas, acontece que na hora do clique na compra, há uma série de processos e investimentos que são necessários para que um produto chegue em nossas mãos. Por isso, agora vamos mostrar o que tem por trás dessa cadeia logística, quando você escolhe um produto.

 

Antes de pensar na entrega

 

O apoio de uma boa logística e suporte durante a distribuição é o que vai garantir um dos pilares do sucesso do negócio, e, claro, da satisfação do cliente.

Quando você escolhe um produto, essa informação vai imediatamente para o centro de abastecimento para conferir o estoque e garantir que um próximo cliente não se frustre ao fazer uma compra e receber a informação que o produto está indisponível.

 

Movimentação das cargas

 

Parte da logística de distribuição, o setor interno, como um fabricante por exemplo, faz a movimentação das cargas para otimizar os processos na operação, o que, além de diminuir riscos ao operador como esforço físico e cargas pesadas, otimiza o armazenamento.

 

É como se a mercadoria movimentada na logística interna operada com máquinas como empilhadeira, rebocador e transpaleteira fosse em direção à logística externa, que já faz parte de outra etapa.

 

Onde as mercadorias ficam?

 

O Centro de Distribuição, popularmente chamado de “CD”, é onde os produtos ficam armazenados antes de serem despachados. O CD tem uma estrutura centralizada de recebimento da mercadoria e conta também com processo logístico interno adequado para que a distribuição fracionada de produtos seja feita de maneira organizada e correta.

 

Aumento e controle de frota

Se as vendas no e-commerce cresceram 41% em 2020, segundo a Nielsen/Ebit para suprir essa demanda, é preciso aumentar também a frota de veículos e equipamentos para atender a essa movimentação. Afinal, ninguém gosta de se programar para receber algo em um dia e, por problemas que poderiam ter sido evitados, ter que lidar com atrasos.

Por isso, para garantir o cumprimento exato de prazos, a tecnologia é uma aliada para controlar esse processo, como o Vamos Mais Longe, uma plataforma oferecida aos clientes da Vamos Locação, que, além de atendimento e assistência 24h com guincho, dispõe de manutenção preventiva e corretiva, garantindo segurança e controle preciso durante operação da frota.

Na rota da entrega!

Saindo do Centro de Distribuição, é hora de o pedido seguir para a entrega final! Mas, para que chegue logo nas mãos do dono, além da tecnologia na logística e na frota auxiliarem esse processo garantindo que não haja problemas no percurso, o veículo de entrega como o conhecido caminhão baú precisa estar em perfeita condição para levar o produto ao destino final.

Por isso, cada vez é mais comum locar a frota, pois esse serviço dispõe de inúmeras vantagens, como proteção e manutenção e tecnologia de ponta para o controle, o que, além de beneficiar a empresa com redução de custos, coloca o interesse do consumidor em primeiro lugar, garantindo segurança e qualidade em todos os processos até que o produto esteja nas mãos do seu dono.

 

E aí, já sabia que quando você compra algo na internet, o produto deve passar por todo esse percurso?  Para saber mais sobre o universo de locação de caminhões, máquinas e equipamentos, curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram.  Estamos no LinkedIn, siga nossa página e nos acompanhe por lá também!

 

 

Compartilhar: